Edulaica


Dimensão Política

Numerosos pronunciamentos contrários à concordata Brasil-Vaticano foram feitos quando da tramitação do texto no Congresso Nacional e logo depois, em 2008/2009. Você encontrará, abaixo, manifestações de  instituições e de indivíduos - parlamentares, magistrados, acadêmicos, jornalistas e religiosos, que apontaram as consequencias negativas desse tratado para a laicidade do Estado. As ameaças para a laicidade na educação pública ocuparam lugar de destaque nessas manifestações.

 

Deputado Pedro Ribeiro

Deputado André Zacharow

Deputado Ivan Valente

Deputado Bispo Gê Tenuta

Deputado Takayama

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Colégio Episcopal da Igreja Metodista

Igreja Epíscopal Anglicana do Brasil

Batistas Paranaenses

Ile Asé Igbin de Ouro - Sociedade Ketu

Conselho Nacional da Juventude

"Brasil: século XV ou século XXI ?"

"Brasil: país laico ou concordatário?"

Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência

Sociedade Brasileira de Sociologia

Centro Feminista de Estudos e Assessorias

Conselho de Pastores do Brasil

Associação Brasileira de Antropologia

Alberto Dines, "Acordo por debaixo dos panos"

Maçonaria, "Brasil é um Estado Laico"

Clovis Rossi, "Templo é dinheiro"

Evandro Éboli, "Uma ameaça ao Estado Laico"

Deputado Chico Alencar

Associação dos Magistrados Brasileiros

Folha de São Paulo (editorial)

O Estado de São Paulo (editorial)

Correio Braziliense (editorial)

Partido Popular Socialista

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

União Nacional dos Estudantes

Conferência Nacional de Educação do Município de São Paulo

Conselho Federal de Serviço Social

 






BUSCAR:

CURTA:

COMPARTILHE: